sexta-feira, 26 de maio de 2017

Prefeitura paga aluguel por imóvel de servidor público, denuncia empresária

Do SarandiPr.com
Uma empresária de Sarandi denunciou a locação pela prefeitura de um imóvel “que teria como proprietário um servidor público municipal”. A 1ª Promotoria de Justiça abriu inquérito para apurar o caso.
A denúncia foi feita após a Procuradoria Jurídica do Município orientar escolas municipais a não comprar produtos da empresária, que atua no setor de tintas. A orientação, segundo inquérito civil público, teve base em dispositivos da Lei nº 8.666/93 e da Lei Orgânica de Sarandi.
sarandipr.com apurou que a mãe da empresária trabalha na Prefeitura de Sarandi. O fornecimento de tintas, neste caso, acarretaria em favorecimento devido ao vínculo familiar. A lei de licitações foi citada, mas as compras seriam feitas na modalidade “compra direta”, quando não há licitação.
Ao levar o caso à promotoria, a empresária questionou a “legalidade” da orientação e se o critério foi aplicado a outras empresas que atendem à prefeitura. O promotor Alexandre Misael Souza abriu inquérito para apurar a denúncia dia 23 de maio. Leia mais Aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário