terça-feira, 7 de março de 2017

MARINGÁ: Mulher que foi espancada brutalmente pelo patrão sai do hospital


Edcarla Valéria Paludeti, de 30 anos, que foi brutalmente agredida por dois homens na semana passada em uma empresa no Jardim Ouro Cola, em Maringá, se recupera dos ferimentos em casa. Edcarla estava internada no Hospital Universitário após ter sido agredida na cabeça com pedaços de madeira. Os agressores que seriam pai e filho, donos do Disk Telha, onde Edcarla presta serviço, são os suspeitos da agressão. Até o presente momento eles não compareceram na delegacia para esclarecer os fatos. No dia da agressão, os suspeitos alegaram que Edcarla teria furtado ferramentas do local de trabalho e quebrado vidros da empresa. Edcarla é usuária de drogas, mas segundo ela, não justifica as agressões que sofreu. Os nomes dos agressores seriam Antônio de Aquino e o filho, Sérgio Aquino. O esposo de Edcarla, o senhor Valdeli Laureano Oliveira, de 54 anos, que no dia presenciou a própria mulher sendo agredida pede por justiça. A Polícia Civil de Maringá abriu um inquérito policial para apurar os fatos.
Colaboração: André Almenara

Nenhum comentário:

Postar um comentário