sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Delegado de Sarandi deixa cidade para assumir Arapongas

Após 4 anos, o delegado de polícia da cidade de Sarandi, Reginaldo Caetano da Silva, de 44 anos e 25 anos de polícia, deixará o cargo nos próximos dias para assumir como delegado adjunto da 22ª Subdivisão Policial de Arapongas, delegacia comandada pelo delegado-chefe, Osnildo Carneiro Lemes, que também já foi delegado-chefe de Maringá. Reginaldo antes de assumir Sarandi em 2013 era delegado de Engenheiro Beltrão. Na cidade de Sarandi, sua equipe mesmo reduzida, mas competente, elucidou centenas de casos graves que ocorreram na cidade, como homicídios, latrocínios, roubos e outros crimes. O índice de criminalidade foi reduzido após sua chegada em Sarandi já que é 2012 a cidade contabilizou 61 assassinatos no ano. Quadrilhas foram presas, armas e drogas foram apreendidas durante sua gestão. Fugas de presos que eram constantes na delegacia de Sarandi também foram reduzidas e outras evitadas pelo delegado Reginaldo e equipe. A cidade de Sarandi receberá nos próximos dias o delegado de polícia, Adão Wagner Loureiro Rodrigues, de 48 anos de idade e 29 anos de polícia. Atualmente, Adão está exercendo sua função na delegacia de estelionato de Maringá, mas já passou pela delegacia de Cianorte, foi delegado da Denarc de Maringá que combate o tráfico de drogas. Que os dois delegados possam continuar com suas respectivas experiências combatendo o crime organizado e oferecendo segurança a população. 
Colaboração: André Almenara

Nenhum comentário:

Postar um comentário