segunda-feira, 10 de outubro de 2016

MARINGÁ: Operação envolve 3 servidores


De acordo com o procurador-geral do município de Maringá, Luiz Carlos Manzato, três servidores públicos municipais estão envolvidos na operação de busca e apreensão feita hoje pelo Gaeco e Promotoria de Proteção do Patrimônio Público. Os nomes não foram divulgados. Dois deles seriam fiscais da secretaria comandada por Umberto Crispim, um dos coordenadores da campanha de Silvio Barros II; um seriao cargo comissionado. Manzato adiantou que todos seriam exonerados. O Gaeco também fez busca e apreensão nas residências dos investigados, antes de ir ir ao paço municipal. Eles estariam envolvidos em corrupção passiva; aplicariam multas e indicavam um profissional para regularizar a situação. Um empresário também é acusado de envolvimento.

Publicado em  às 10h48 e atualizado em 

Nenhum comentário:

Postar um comentário