DESPERDÍCIO DE ÁGUA NO JD. PANORAMA EM SARANDI

terça-feira, 1 de março de 2016

MARINGÁ: Liminar determina mínimo de ônibus

A decisão do desembargadorAramis de Souza Silveira, da Justiça do Trabalho, determinou em liminar, que o Sindicato dos Motoristas Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Empresas de Transporte de Cargas, Passageiros Urbanos, Motoristas, Cobradores de Linhas Intermunicipal, Interestadual e de Turismo e Anexos de Maringá (Sinttromar) assegure, durante a realização do movimento grevista, a prestação de serviços de pelo menos 70% dos motoristas e cobradores, em cada linha e escala, das 5h às 9h e das 17h às 20h, e de 50%, também em cada linha e escala, nos demais horários, sob pena de multa de R$ 50 mil, por dia de descumprimento da decisão. O TRT entendeu que a greve foi deflagrada ontem, sem o prazo de 72 horas, sem ressalva quanto ao percentual mínimo de empregados ao atendimento da população de Maringá e região. A direção da empresa TCCC alega que alguns ônibus tiveram os pneus furados e apedrejados, o presidente do sindicato,Ronaldo José da Silva, diz desconhecer estas ocorrências. (Inf: blog do Rigon/Maringa Manchete foto Erivelton Barbieri)

Nenhum comentário:

Postar um comentário