quinta-feira, 17 de março de 2016

MARINGÁ: Advogado é encontrado morto em quarto de motel

Um advogado de 43 anos morreu na tarde desta quinta-feira (17) em um quarto de motel que fica na Avenida Morangueira, em Maringá. O homem deu entrada no motel acompanhado de uma mulher. Depois de algumas horas, o advogado ligou na portaria dizendo que a mulher estaria indo embora. As funcionárias do estabelecimento suspeitaram que o advogado não deixava o quarto e decidiram abrir a porta com uma chave reserva. O homem estava em cima da cama sem vida. Ao lado do corpo os policiais civis encontraram duas caixas de calmantes, uma das cartelas estava vazia. A mulher que deixou o motel já foi identificada por câmeras do estabelecimento. Após o local ser periciado, o corpo do advogado foi removido para o IML de Maringá. O perito criminal afirmou que não há sinais de agressão no corpo da vítima. 
Atualizando: O advogado que morreu no quarto de motel não era casado. De acordo com policiais civis, a vítima deu entrada no motel na data de quarta-feira (16). A mulher que estava na companhia do advogado saiu do motel no início da madrugada de quinta-feira (17). Como a pernoite que o advogado pagou para usufruir no motel havia vencido, no entanto, a direção do motel ligou no quarto e não teve uma resposta. Funcionários abriram a porta com uma chave reserva e encontraram a vítima em óbito. André Almenara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário