sexta-feira, 27 de novembro de 2015

SARANDI: Homem que queimou bebê é condenado

Ailton Ruiz de 36 anos foi condenado na tarde desta quarta-feira (25) no Fórum de Sarandi em 12 anos e 8 meses de prisão em regime fechado por ter queimado o enteado de 7 meses. O acusado foi julgado pelo tribunal do júri por tentativa de assassinato triplamente qualificado. O fato aconteceu no início do mês de janeiro deste ano na cidade de Sarandi. O padrasto após brigar com a mãe do menino jogou thinner no colchão que espalhou em direção do menino que teve 40% do corpinho queimado. Depois de ser atendido no Hospital Metropolitano de Sarandi, a criança foi transferida para o Hospital Universitário de Londrina para ala de queimados onde permaneceu internada por várias semanas. O bebê sobreviveu aos ferimentos e vive hoje com uma família em Maringá. Na época dos fatos o padrasto não tinha certeza se o menino era seu filho ou não. Esse motivo foi o início das discussões entre o casal que quase terminou em uma tragédia. André Almenara

Nenhum comentário:

Postar um comentário