sábado, 25 de julho de 2015

Vereadora devolve dinheiro não usado de diária e causa polêmica

A atitude de uma vereadora que decidiu devolver aos cofres públicos o dinheiro que sobrou de uma viagem provocou polêmica no pequeno município de São Pedro do Sul, a cerca de 350 quilômetros de Porto Alegre. Tudo isso porque a prática não é considerada comum pelos vereadores da cidade. A reportagem é do Jornal do Almoço (veja o vídeo).  No fim de março, Angélica Felske Gabriel (PT) viajou a Porto Alegre para uma reunião na Assembleia Legislativa. A viagem foi paga pela Câmara de Vereadores de São Pedro do Sul com dinheiro público. A vereadora recebeu R$ 327 de diária, mais R$ 140 para as passagens de ida e volta de ônibus, além de R$ 40 para despesas com táxi. “O hotel custou R$ 100 a pernoite, eu fiz mais um lanche e um almoço. Sobraram R$ 206 que eu quis devolver, não só quis como devolvi”, explicou. O gesto, que deveria ser obrigatório para qualquer pessoa que lida com dinheiro público, provocou polêmica na Câmara de Vereadores de São Pedro do Sul. Simplesmente porque não é comum os vereadores da cidade devolverem o que sobrou. LEIA MAIS AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário